Páginas

terça-feira, 28 de setembro de 2010

MINHA ARTE, MINHA HISTÓRIA




RITA GIL – Nasceu em Gramado em 31 de outubro de 1955


Desenha e pinta desde os seis anos de idade, incentivada por sua mãe e seu avô, teve suas primeiras lições de arte, observando passivamente, obras da pioneira da arte em Gramado, Elisabeth Rosenfeldt. 


                                                                                                                                               
  Obra: "Bagagem" 2009/1º lugar Os Águias pousaram em Gramado V


Obra: Bicho Papão (VENDIDA)
 (1986) Quem nunca teve medo deste bicho?

"Por alguns de seus traços, a infância dura a vida inteira. É ela que vem animar amplos setores da vida adulta. Para o pensador francês, é preciso viver, por vezes é muito bom viver, com a criança que fomos, pois nos fornece uma consciência de raiz: toda a árvore do ser se reconforta. Os poetas nos ajudarão a reencontrar em nós essa infância viva, essa infância permanente, durável."
( Gaston Bachelard )


         Bereniçe, Sérginho, João Carlos, Rita Márcia, Nancy e Flávio.
   Amigos para sempre.
 “Reconstruo memórias guardadas ao longo do tempo, fazendo delas minha inspiração,         conto a minha história e da minha terra natal Gramado.”





Quero hoje muito alegre-E com muita devoção-Receber Jesus Menino-Na minha 1ª Comunhão.
 
  Memórias! Elas estão guardadas, lá nas nossas gavetinhas.    


 Chega o momento em que obrigatoriamente eu tenho que ser adulto, mas nunca o momento que exija que eu deixe de ser criança.

                                                                                                                                                                          
                                                                                
 Em 1981 formou-se em Arquitetura e Urbanismo pela UNISUNOS.
                                                                                                                                                                  
     Em 1985 a então arquiteta,
começa a definir sua trajetória também como artista plástica    
                                 

Obra: O Tempo1º lugar na categoria pintura - I Salão Capilé, de São Leopoldo/RS

 


Obra: “Quiridas Irmañs e Mamãi"

1º lugar na categoria proposta - 14º Salão do Jovem Artista, Porto Alegre/RS
(Cartas trocadas entre mãe e filhas, onde relatam suas amarguras durante a Revolução Federalista 1893-1895)
                                     
               
                          
         Foi nos anos 80 no Atelier Estágio, com
Vera Wildner

                              

     e no Atelier Livre da Prefeitura de Porto Alegre com
Danúbio Gonçalves
Que tive minhas  principais referências.






Páscoa de 1986 que o Hotel Serrano de Gramado preparou toda uma decoração voltada para a chegada do Cometa Halley, seria a Páscoa do Cometa.


Nesta mesma época, aconteeu a minha1ª Exposição Individual,  intitulada
Cometa Halley!
Cyntia, Rita e Moêma




Título: O velho viajante



Título: "Os sete Patinhos" (VENDIDA)



Título: "Cy! Estamos Flutuando" (VENDIDA)
              
 Depois de dividir meu tempo por 25 anos entre a arquitetura e artes plásticas,
em 2005  fecho o escritório de arquitetura
e transformo minha arte no meu objetivo de vida,
tendo como inspiração minha religiosidade e minha cidadde natal.


  Nossa Senhora Aparecida ( VENDIDA)
  
  




Santa Clara (VENDIDA)



  
Santa Ceia

                                                                                       
Nossa Sra. da Conceição


  São Judas Tadeu (VENDIDA)



Santo Antônio (VENDIDA)


Santa Cecília (VENDIDA)

                            

“Com meus pincéis, reconstruo momentos da história de Gramado, fazendo um registro iconográfico e pessoal, de uma pequena cidade de veraneio, que, em meio século se transforma num grande pólo turístico, sem perder as características de uma grande família devido a fé e a pureza de nossas raízes.”
Obra: Raízes


     Obra: FESTA DA COLÔNIA 2007 (VENDIDA)

 Uma das mais tradicionais e divertidas festas de Gramado, foi criada em 1985 e fazia parte da programação da Festa das Hortênsias. Em 1986, passou a integrar o calendário turístico de Gramado como uma festa independente.
No período da Festa os colonos, descendentes dos primeiros portuguêses, italianos e alemães que habitaram a região, se deslocam para o centro da cidade e trazem consigo toda a riqueza cultural do interior do município, possibilitando um intercâmbio entre o homem do campo e o homem da cidade.


Cerimônia de premiação

 Trabalho da artista plástica Rita Gil foi selecionado como cartaz oficial 2010
Matéria publicada em 18/11/2009www.festadacoloniagramado.com.br


Faltam mais de quatro meses para o início da 20ª edição da Festa da Colônia de Gramado, mas as novidades já estão aparecendo. E a mais recente delas movimentou toda a comunidade local, que foi chamada para escolher o novo cartaz oficial. Durante sete dias uma urna ficou à disposição do público na Rua Coberta, no centro da cidade, para a votação. E a obra escolhida foi um trabalho inédito da artista plástica Rita Gil, apontada por aproximadamente a metade dos votantes. De um total de 540 votos recebidos, 216 escolheram a nova realização da pintora gramadense. Dez pinturas foram inscritas, e destas seis foram selecionadas para participar desta escolha popular.

Formada em arquitetura, Rita Gil define seu atual momento artístico como que voltado exclusivamente para a cidade e região onde mora. “Se há tantos que pintam Paris, Londres, Rio de Janeiro e Nova Iorque, por que não pintar Gramado?”, questiona. O trabalho premiado possui todos os elementos que definem a própria Festa da Colônia, como as soberanas, os animais, as etnias e a gastronomia. Segundo a artista, “é como uma colcha de retalhos”. E ela fala mais: “Essa iniciativa de deixar o público escolher, tendo acesso apenas às pinturas, sem saber os nomes dos artistas, foi excelente, e atingiu seu efeito de promover a interação. Foi uma ótima experiência, e é por isso que quis fazer algo tão colorido e vibrante, pois é assim que eu vejo a Festa da Colônia.


Crédito da foto de Cleiton Thiele.

Obra: Cartaz da Festa da Colônia (Acevo- Festa da Colônia)

Obra: Raízes Açorianas


Os descendentes luso-açorianos foram os primeiros habitantes de origem européia a residir em Gramado. Essa famílias que residem no município há mais de 5 gerações, mantém em casa hábitos e costumes que lhes foram passados na infância, sendo essas  tradições,  repassadas para filhos e netos, muitos dos quais participam deste desfile. Algumas destas tradições, foram incorporados na cultura da região e fazem parte hoje do nosso cotidiano. Como características sociais da etnia açoriana, pode-se salientar o amor ao trabalho, a solidariedade, amor ao solo natal à disciplina e à hospitalidade. Destaca-se também uma forte religiosidade com especial dedicação ao Espírito Santo.                       


                     
                                                Obra:  1ª Festa das Hortênsias (VENDIDA)

"Querida  Ritinha! Grande pintora!
 Ontem passei na rua coberta  e tive oportunidade de ver todos os quadros juntos,
 mas sem duvidas o teu alem de ser diferente é realmente bonito.
  Tua veia de pintora começara a ficar mais conhecida  por ser de maneira única ninguém consegue fazer igual isso é espetacular.
 Parabéns!  Abraços para ti e Lurdes
  Ah já sei, tua veia é portuguesa com certeza." (Iraci Casagrande)




Obra: 1º Festival de Cinema de Gramado (VENDIDA)
                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                            da 
Obra: Gramado Alelúia


Obra Natal Luz (VENDIDA)



Obra:Rua Coberta



 
Obra: Gramado Festivais (VENDIDA)



                                                    Obra: Morena Nuvem  (VENDIDA)

 

                        Lembranças! 26 de julho de 2010
Estou te transcrevendo um texto que fiz  dois anos atrás mais ou menos.Encontrei hoje e resolvi te mandar. 
Lembranças...Tu,menina frágil,sempre acompanhada com um avô querido,presente,te levando para a escola-uma lembrança de dedicação de toda a família.Lembro indo ao colégio,ora com a mãe,ora com o av^-pai.Lembro de ir lá casa dos Gil,tudo parecia magia.
Lembro de umas pequenas esculturas de argila feitas pelo vovô,será que estou delirando.

As mãos de fada da tua mãe,da vovó,da tia Chiquinha....O café quentinho e cheiroso oferecido logo ao chegar.....Tudo singelo,com um carinho todo especial.
Lembro com  carinho  e admiração que sentia em ver tua criatividade  em tuas bijouterias,tuas roupas transadas em que teu lado artístico  já vinha aflorando.Tudo no teu quarto era criativo.Isto com o passar  dos anos foi te transformando  na artista que és.A tua criatividade,humildade,o respeito pela tua gente,tua cidade,contando a história que todos nós vivemos neste 54 anos que Gramado existe(hoje 55).
Parabéns!                                                                                                                                                           O teu trabalho está cada vez mais técnico,criativo,e principalmente nos deixando inúmeras mensagens.
Umamistura de surrealismo com o real.                                             
Um beijo.Vera                                                                                                               
                                                                                                                                                                                   Um

             Rita Gil, a história de Gramado em tela.

  Rita Gil foi presença ilustre neste final de semana, com a sua participação na Mostra dos Artistas Gramadeneses, programação paralela do Festival de Inverno de Gramado
Rita formou-se em Arquitetura e Urbanismo na UNISINOS, São Leopoldo, RS e realizou cursos extensivos no Atelier Livre da Prefeitura de Porto Alegre.
Participou de deiversas exposições a nível municipal e estadual. recentemente foi a vencedora do concurso que escolheu o cartaz da festa da Colônia.“Com minha arte reconstruo momentos, alguns muito importantes sobre a história de Gramado. Em minha última exposição individual, em maio de 2008, recriei momentos e restaurei memórias guardadas ao longo de 50 anos. É dentro desse período que fiz um registro iconográfico e pessoal de uma pequena cidade de veraneio que no espaço de meio século se transforma num grande centro turístico, sem perder as características de uma grande família, protegida pela fé e pureza de suas raízes. Deixo então essa coleção de 20 obras nas quais registro a história de minha terra natal.” - Rita Gil, Artista Plástica Gramadense.
( Extraído do blog Festival de Inverno de Gramado)







                               











        

Um comentário:

  1. Parabéns amiga.Teu blog tá lindo. Sucesso a todos! bjs.
    Lisete

    ResponderExcluir